corona crise

Selecione a página

Que rei sou eu?

Por Rubinho Giaquinto

O desembargador paulista não será o primeiro nem o último da nossa elite escravocrata a não cumprir regras básicas de convivência e respeito a toda uma cidade, país e população. Se ele pudesse, expulsaria os ” indesejados” de frequentar a praia. Não duvido nem um pouco disso.

Ele faz parte de um time: Eu Sou o Diferenciado Futebol Clube S.A. Ele se sente a última bolacha importada dos Estados Unidos.

Ele é branco, magistrado, tem três férias por ano e, no seu celular, fala com a elite mais podre do país, que ocupa cargos estratégicos.

O episódio em Santos deixa claro que ele é um intocável e quase imortal. Assim pensa essa classe média horrorosa brasileira. Na verdade, ele é um funcionário público. Mas tem comportamento aristocrático do século XIX ou do século XV.

Só lembrando que o judiciário brasileiro é uma grande caixa preta com remunerações altíssimas e cabide de empregos para parentes, amantes e afins.

Infelizmente, nada vai acontecer do ponto de vista jurídico com esse tal desembargador. Imagina aquela cena com um jovem negro? No mínimo, teria tomado um golpe de alguma arte marcial. Que seria justificado por muita gente. O desembargador saiu andando tranquilamente. Ele sabe que carrega o legado de um país racista e desigual.

O mais engraçado é que, daqui a pouco, os editoriais dos grandes jornais e TVs irão esquecer o desembargador.

Minha tristeza é saber que milhões de pessoas estão desempregadas e a fome vai bater à porta da maioria dos brasileiros.

Punição para esse anacrônico senhor de escravo será fazê-lo passar vergonha em público, toda vez que sair às ruas. Porque punição desse judiciário brasileiro só serve para pobres e negros.

Apoiase

Apoie nosso projeto

Acreditamos muito na colaboração como forma de mudança da sociedade. Ajude doando alguns reais por mês, qualquer valor já ajuda e demonstra que você acredita na ideia!

Contribuir agora

Unidade entrevista: Daniela Arbex

CUFA e DATAFAVELA

Como o coronavírus está afetando a vida nas favelas
Relatório para Abril de 2020

Relatório CEPAL

Vídeos recentes

Carregando...

DOSSIÊ: ONDE ESTÁ A ESQUERDA NESTA CRISE?

Atravessar a quarentena

Atravessar a quarentena II